Aulas Online | Inscrições todos os meses

Blog

Fica a par das publicações no blog e recebe as dicas, a motivação, o conhecimento que partilho contigo para transformares a tua vida com Alta Performance Holística.

Blog

Fica a par das publicações no blog e recebe as dicas, a motivação, o conhecimento que partilho contigo para transformares a tua vida com Alta Performance Holística.

Lutar contra a Violência

Dia Internacional para a Eliminação da Violência contra as Mulheres

Namasté gente gira!   

Hoje, dia 25 de novembro, erguemos as  nossas vozes e unimo-nos na luta contra a violência direccionada às mulheres.

Esta data não é apenas uma celebração, mas uma chamada de atenção e principalmente à acção para eliminar abusos, assédios e violências físicas e psicológicas enfrentadas por muitas mulheres diariamente.

Violência Contra as Mulheres  

Compreender a Realidade

Na realidade actual, aproximadamente uma em cada três mulheres sofre violência, seja física, psicológica, ou abuso sexual.

Esta não é apenas uma questão estatística, mas um grito de alerta para uma sociedade que precisa mudar.

Origem e Significado desta data Importante

Em 1999, as Nações Unidas designaram o dia 25 de novembro como o Dia Internacional para a Eliminação da Violência Contra as Mulheres.

Esta data tem raízes profundas, homenageando as irmãs Maribal, símbolos da luta contra a violência feminina, brutalmente assassinadas em 1960.

A Face Oculta da Violência   Uma Realidade que Afecta a Todos

A violência não escolhe classe social, status ou circunstâncias. Aproximadamente 85% das vítimas de violência doméstica em Portugal são mulheres, e a violência não conhece fronteiras ou limites.

O Papel da Conscientização e Empatia

É essencial criar um ambiente onde as vítimas sintam-se apoiadas e seguras para procurarem ajuda. Muitas vezes, o medo ou o estigma social as mantêm em silêncio, mas é essencial oferecer compreensão e apoio sem julgamentos.

Auxílio e Apoio às Vítimas: Um Compromisso Colectivo

Não é algo que só acontece aos outros ou que estamos imunes a enfrentar, infelizmente. Às vezes, até o melhor entre nós enfrenta situações difíceis.

Conheço bem esta realidade e sei que muitas vítimas sofrem em silêncio, mantendo a sua dor guardada para si.

Não devemos julgá-las, pois somente quem passa pelas mesmas situações compreende a complexidade desta experiência.

Se não sabes o que é ser vítima de violência, agradece todos os dias por isso; mas se tens a capacidade de ajudar, o primeiro passo é não julgar e cultivar empatia.

Aos que enfrentam este desafio, saibam que não estão sozinhos!

Existem grupos, associações, voluntários e pessoas dispostas a ajudar, eu incluída.

Às vezes, basta dar o primeiro passo para procurar apoio.

Há diversas instituições e grupos dedicados a ajudar vítimas de violência. Organizações Não Governamentais (ONG), a APAV, a PSP e GNR, entre muitas mais que oferecem apoio, segurança e orientação, criando redes de suporte vitais.

Linhas de apoio:

  • Linha às Vítimas de Violência Doméstica: 800 202 148 / 24h / todos os dias / Gratuito
  • Linha Nacional de Emergência Social: 144 / 24h / todos os dias / Gratuito
  • APAV: 800 219 090 / Dias úteis 08h-22h / Gratuito

Só podemos ajudar, quem quer ser ajudado. Estou disponível para ouvir, apoiar e oferecer auxílio da melhor forma possível, sem custos, com total discrição. Assim como presto serviços voluntários em diversas organizações, estamos prontos para activar planos de apoio às vítimas quando necessário.

Neste contexto, também as medicinas e terapias holísticas, naturais e integrativas podem ser um caminho para a cura. O importante é encontrar suporte e orientação para superar esta fase desafiadora. Lembra-te, há sempre uma luz no fim do túnel, e TODOS merecem viver uma vida plena e livre de violência.

Oferecer Ajuda: Um Chamamento à Solidariedade

Para quem sofre, é crucial saber que não está sozinho.

Grupos, associações, voluntários e indivíduos estão prontos para ajudar. Seja ganhando coragem para dar o primeiro passo ou oferecendo apoio a quem necessita, a empatia e a solidariedade são ferramentas poderosas para criar mudanças.

Juntos na Luta Contra a Violência

No Dia Internacional para a Eliminação da Violência Contra as Mulheres, não apenas celebramos a coragem das sobreviventes, mas também reafirmamos o nosso compromisso em erradicar esta e qualquer outro tipo de violência.

Ofereçamos apoio, abramos espaço para conversas e façamos algo colectivamente para criar uma sociedade onde todas as mulheres, (eu vou mais longe ao dizer, TODOS OS SERES) sintam-se seguras e respeitadas.

Sê Feliz!

Juntos, podemos criar um mundo vibrante e cheio de boas energias!

Somos Todos Um!

  • Consultas Online e/ou presencial, por marcação clica aqui

Com Amor, Luz e Paz

Até já!

Não utilizo as propostas do Acordo Ortográfico. Continuo a escrever segundo a chamada norma antiga.

Gratidão Imensa
Abraço de Luz & Paz

Gostas deste conteúdo? Compartilha!

RECENTES:

Subscreve e recebe notificação a cada novo artigo postado!

Vera de Melo © Todos os Direitos Reservados